domingo, 1 de fevereiro de 2009

Bobagens sobre o tempo em três tempos

tempo I


irrecuperável
matéria
-- futuro
inventa

__________


Tempo II




essa coisa humana
chamada tempo


presente
passado
futuro
-- tão óbvios


para o Incriado
-- apenas o agora

para as criaturas
-- o princípio do fim


_______________


tempo III



humanamente
inexorável
óbvio
definitivo

modelador
da forma
transgressor
da mente

em essência –
inexistente

____________

Um comentário:

Froilam de Oliveira disse...

A síntese do discurso é o fundamento poético que mais admiro. Gostei do teu poema e sugiro que reduza o título para
EM TRÊS TEMPOS.
Abç