quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Nossa família cósmica

Estes gatinhos que estavam assustados, estavam assim nesse dia que sua mamãe gata os trouxe para a porta de nossa casa, carregando-os um a um pela nuquinha. Eram três. Um já foi adotado por uma família muito amorosa. Os outros dois também já tem uma família amorosa e sensível que os vai adotar no início de fevereiro próximo.
Hoje, eles já quintuplicaram de tamanho, estão doces e carinhosos.
Até para os animais a fome tira a dignidade.
Sua mamãe gata é que padece de uma incontinência alimentar, sua fome era tão absoluta, que está sendo difícil fazer uma reeducação alimentar.
Eu tinha um aperto no coração de tê-las presas em casa e me questionava muito se elas eram felizes.
Mas depois que a Aparecida e a pretinha Sunaya (este é o nome da mãe dos gatinhos) vieram para cá e trouxeram seus filhinhos, meu coração está mais tranqüilo. Acho que aqui é um bom lugar para se viver.
Assim cada vez mais vamos nos consolidando como uma família cósmica inter-espécies de gentes, bichos e plantas, e não importa a forma que tenhamos, somos feitos da mesma matéria e criaturas do mesmo Criador!

Um comentário:

Marlene (LENA) disse...

Irmã Fátima!
Muito obrigada por sua visita ao nosso blog, infelizmente a JUM@ partiu, minha primeira perda, ela foi minha companheira por 13 anos, mas como tudo na vida um dia temos que partir. Apesar de tudo que creio, está sendo muito difícil.
Amor e Luz
Marlene